Notícias curtas

Este sítio web dedicado é dedicado à Freguesia de Zedes, no concelho de Carrazeda de Ansiães. Visite também o Blogue sob a mesma  Freguesia  no seguinte endereço: http://zedes.blogspot.com/

Home Tradições A tradição de Cantar os Reis
20070429p.jpg

Designed by:
A tradição de Cantar os Reis
Escrito por Aníbal Gonçalves   
Sábado, 06 Janeiro 2007 00:00

A tradição de cantar os Reis é muito antiga em Zedes. Praticamente desde o Natal até ao Dia de Reis, grupos de rapazes, raparigas, homens e mulheres, solteiros ou casados, juntavam-se junto à igreja e iam pela aldeia para cumprir esse ritual de paz e alegria.

De porta em porta, pela calada da noite e à luz de candeeiros, subiam as escadas e colocavam-se junto das portas o mais silenciosamente que conseguiam. Por vezes faziam-se acompanhar de instrumentos musicais. Ainda há quem se recorde da paixão com que o sr. Ângelo e o sr. Armindo tocavam, um violino, o outro bandolim! Com o corpo frio mas as gargantas quentes, da caminhada e também de um copito de vinho que se bebia aqui e ali, quebravam o silêncio das noites longas de Inverno. No calor da lareira os habitantes recebiam com alegria a visita desses Cantadores de Reis. Caso não lhes abrissem a porta, corriam o risco de ouvir alguns versos menos agradáveis.
Os cantadores recebiam em troca, alheiras, salpicões, linguiças, castanhas picadas, figos secos, nozes, amêndoas, vinho e, por vezes, algum dinheiro. Os mais receptivos, convidavam-nos a entrarem, a comerem e a beberem com a família. A mesa sempre tinha alguma coisa, desde o Natal ao Ano Novo. Na Casa Grande havia sempre um copinho de vinho fino para afinar a garganta.
A “receita da noite” podia ser dividida entre todos, ser entregue para a igreja ou guardava-se para fazer uma festa.

Deitai os olhos ao céu
Lá vereis uma cruz
Nós viemos pedir a esmola
Para o menino Jesus.

Viemos aqui
Todos reunidos
Dar as Boas Festas
Aos nossos amigos.

Não é por interesse
Oh rapaziada
Queremos que estimem
A nossa rizada.

Ainda agora aqui cheguei
Ao cimo desta escada
Logo o meu coração disse
Que aqui mora gente honrada

Quem diremos nós que viva
Viva viva viva quem
Vivam os senhores desta casa
A sua família também.

Quem diremos nós que viva
No graõzinho do arroz
Vivam os senhores desta casa
Por muitos anos e bôs.

Quem diremos nós que viva
Na folhinha do loureiro
Viva o senhor (nome)
Que é um grande cavalheiro.

Quem diremos nós que viva
Correntes de ouro ao peito
Viva o senhor desta casa
Que é um homem de respeito.

Quem diremos nós que viva
Na folhinha da oliveira
Viva o senhora da casa (nome)
Que é uma grande cozinheira.

Quem diremos nós que viva
Na folha da salsa crua
Viva a senhora (nome)
Que alumia toda a rua.

Quem diremos nós que viva
Na asinha do cabaz
Viva a menina (nome)
Deus lhe dê um bom rapaz.

Esta casa é bem alta
Forrada de papelão
Senhores que estão lá dentro
Deitem cá um salpicão

Esta casa é bem alta
Forradinha de cortiça
Senhores que estais lá dentro
Deitem cá uma linguiça

 

No caso de não abrirem a porta:

Cantamos e recantamos
Voltamos a recantar
Estes barbas de farelos
Não têm nada que nos dar

Vamos dar as boas noites
Boas noites vamos dar
Estes barbas de farelos
Não têm nada que nos dar.

 

Vimos vos dar as Boas Festas
Vós direis que já é tarde
Ninguém vo-las deu mais cedo
No amor e na vontade.

Entrai pastores entrai
Por este portal a dentro
Vinde ver o Deus Menino
No sagrado nascimento.

Entrai pastores entrai
Por este portal sagrado
Vinde ver o Deus Menino
Numas palhinhas deitado.

Vai alta a lua vai alta
Mais que sol ao meio dia
Mais alta ia a senhora
Quando para o céu subia.
ou Quando para Belém partia.

A cabana era pequena
Lá cabiam todos três
A adorar o deus menino
Cada um por sua vez.

Os três reis andam guiados
Pela estrela da guia
Eles andam procurando
Se o menino nasceria.

Nossa senhora é rosa
Seu menino é um cravo
S. José é jardineiro
Desse jardim sagrado.

Despedida despedida
Deu a cereja ao ramo
Também nós nos despedimos
Queira Deus que de hoje a um ano.

 

Com a colaboração da srª Etelvina dos Santos

 

 

 
20071113p.jpg
O que pensa de Zedes nos meses de Verão?
 
20070517p.jpg
Temos 60 visitantes em linha