Notícias curtas

Este sítio web dedicado é dedicado à Freguesia de Zedes, no concelho de Carrazeda de Ansiães. Visite também o Blogue sob a mesma  Freguesia  no seguinte endereço: http://zedes.blogspot.com/

Home
20070623p.jpg

Designed by:
Postal Ilustrado PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Aníbal Gonçalves   
Segunda, 18 Agosto 2008 00:00

Chegou a altura de proceder a um balanço sobre a edição do postal ilustrado de Zedes.

 

No orçamento que recebi e que tornei público a 16 de Abril de 2008, a impressão de 1000 exemplares de um postal, custaria 219,58 €. Face ao apoio prometido, optei por desistir do papel brilhante, optando pelo papel Premium o que fez baixar o preço mas manteve uma boa qualidade.

O preço final, com pagamento antecipado, foi 146,95€.

Até ao momento, contribuíram para a edição do postal as seguintes pessoas: Manuel Sampaio; Ângela Bernardo; Luís Sampaio; Susana Félix; Hugo Lopes; Joaquim Moreira, Isilda e Luís Moutinho; Mª. João Félix; José Rodrigues (Zeca); Raul Carvalho (Ruca). Entregaram-me, no total 268€. Feitas as contas, há um saldo positivo de 121,05€.

Os postais vieram no início de Julho e fi-los chegar a Zedes, o mais rapidamente possível. Sabia que alguns emigrantes partiriam em breve.

Foram distribuídos em vários locais: no café da minha tia Auxilia, na “taberna de baixo” e na sede da ACDZ. Não fiz questão de entregar os postais em mão, até porque as pessoas achavam estranho! É muito raro, hoje, alguém dar alguma coisa.

Além de Zedes, os postais foram também distribuídos no posto de turismo de Carrazeda de Ansiães e nos museus de Vila Flor e Torre de Moncorvo. Em todos os locais, de forma gratuita, como meio de divulgação da nossa terra.

Todas as reacções que recebi foram muito positivas (mas é possível que haja outras). Agradou-me bastante o produto final. O conjunto das fotografias com um azul profundo, como cor dominante, encantou as pessoas.

Tenho ainda em meu poder cerca de uma centena. Se há alguém que ainda não teve acesso a um postal, mande-me um email, que eu reservo-lhe um exemplar.

A questão que agora se coloca é:

- O que fazer com o dinheiro restante? Numa situação normal, eu poderia dividir os custos de forma igual pelos colaboradores. Como estamos um para cada lado, esta hipótese pareceu-me pouco viável.

Restam alguma alternativas:

  1. Devolver algum dinheiro àqueles que contribuíram com mais;

  2. Utilizar o dinheiro no registo de um domínio próprio para a página (exemplos: www.zedes.org ou www.zedes.info ou mesmo www.zedes.com.pt , uma vez que o domínio www.zedes.pt só é passível de ser registado mediante o preenchimento de certas condições;

  3. Guardar o dinheiro para a impressão de um outro postal (ou imprimi-lo já);

  4. Mandar gravar alguns bonés para o encontro do próximo ano;

  5. Outra hipótese qualquer que queiram sugerir.

Qualquer comentário ou opinião, pode ser enviada para o meu Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , ou colocada no fórum.

Actualizado em Sexta, 23 Julho 2010 15:22