Notícias curtas

Com a reestruturação das freguesias forçada pela interversão da Comunidade Europeia no resgate a Portugal, a Freguesia de Zedes está neste momento numa fase bastante complicada da sua existência. Qual será o seu futuro?
Home
20070131p.jpg

Designed by:
Zedes em 1918 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Aníbal Gonçalves   
Quinta, 17 Novembro 2011 19:55

Zedes, 1918Numa altura em que se discute o futuro da nossa freguesia, é com admiração que olhamos para o passado e imaginamos quanto terão lutados os nossos conterrâneos para conseguirem chegar ao que Zedes é hoje.

Há dias "tropecei" sem querer numa notícia sobre Zedes. O interessante é que a notícia é de Abril de 1918 e é acompanhada de duas fotografias bastante interessantes. A fotografia que mostra as crianças da escola de Zedes com a sua professora, acompanhados de alguns habitantes da aldeia, é um documento histórico como deve haver poucos. O texto da notícia foi transcrito com a grafia original, tal como foi publicado na Ilustração Portuguesa, revista semanal do jornal O Séculos, publicada em Abril de 1918, com o preço de 12 cêntimos.

 

Festa da árvore. — No primeiro domingo do mez passado, realizou-se em Zedes, no concelho de Carrazeda d'Anciães, a festa da Arvore, que constituiu um acontecimento de elevado significativo moral para aquela modesta povoação.

A simpatica idéa do Seculo continua frutificando assazmente, graças ao valioso auxilio de colaboradores inteligentes e dedicados que, reconhecendo quanto nobre é o culto da arvore, se esforçam por colher, d'esta obra de tão subido valor salutares ensinamentos.

A distinta professora de Zedes, a quem se deve o brilhantismo que revestiu aquela interessante festa e que, apezar de bastante nova, se encontra animada de mmuitoboa vontade para se tornar util e honrar a espinhosa carreira a que se dedicou, é digna de todos os encomios pela forma como se desempenhou da missão a que se propoz.

5. A professora da escola de Zedes. sr.ª D. Maria Adelaide Moreira.

6. Festa da arvore da escola de Zedes, Carrazeda d'Anciães. Grupo de alunos com a sua professora e o povo da freguezia. Ao fundo a casa da escola.
(«Clichés do distinto amador sr. André Moura, de Carrazeda d'Anciaes).

Actualizado em Quinta, 17 Novembro 2011 20:19